fbpx

Decantar o Vinho

O vinho faz parte da vida, cultura e dieta dos europeus, existindo referências que indicam que a primeira produção de vinho ocorreu à aproximadamente 6500 anos nas atuais Bulgária e Grécia.

É muito mais do que uma simples bebida, é um símbolo cultural duradouro da vida europeia e Portuguesa em particular.

Trazido pelos Fenícios, Cartagineses, Gregos e principalmente Romanos, os vinhos Portugueses, são o resultado de uma sucessão de tradições que cada civilização acrescentou  à história da Península Ibérica e em particular a Portugal.

Ao longo dos tempos o papel do vinho foi evoluído, passando de uma importante fonte nutritiva para um complemento cultural da comida e do convívio, compatível com um estilo de vida particular e saudável.

Também a arte da viticultura foi evoluindo, mas as tradições com ênfase nas origens, na terra, na herança e viticultura foram sendo cada vez mais valorizadas.

Mas o vinho tende a estar associado à gastronomia, à história, aos produtos locais de qualidade e aos ambientes sociais dignos.

Sendo o vinho tudo isto e muito mais, existe uma cerimónia que se realiza antes de se servir um verdadeiro e irresistível “néctar dos deuses” – chama-se decantar o vinho.

O QUE É DECANTAR O VINHO?

O ato de decantar o vinho é a passagem do vinho da sua garrafa original para um recipiente (de cristal ou vidro), designado por decanter ou decantador.

Normalmente, a decantação do vinho é feita exclusivamente em vinhos tintos, beneficiando-os de duas formas:

  1. Elimina as borras que se acumularam, em especial nos vinhos velhos que estão engarrafados há vários anos;
  2. Permite que o vinho “respire”, melhorando a sua oxigenação, permitindo uma total libertação dos aromas contidos numa garrafa, contribuindo positivamente para o seu paladar.

Com um acessório muito próprio, é feito por três importantes motivos, um dos quais, potenciar a sua degustação!

VINHO TINTO JOVEM

O processo de decantação do vinho varia conforme se é mais velho ou mais jovem.

Nos vinhos mais jovens, a decantação suaviza os taninos presentes no vinho, que normalmente são ásperos, secos e adstringentes.

Por norma, estes vinhos têm um nível de acidez alto, dado que não tiveram tempo de amadurecer.

 DECANTAR VINHO TINTO JOVEM

    1. Deverá verter o conteúdo da garrafa no decantador num gesto único contínuo;
    2. O processo de decantação deverá ser efetuado cerca de uma a duas horas antes do vinho ser servido;
    3. Coloque a garrafa original vazia ao lado do decantador, de forma a que se possa identificar o vinho.

DECANTAR VINHO TINTO VELHO

    1. Um ou dois dias antes de consumir o vinho tinto velho, deverá colocar a garrafa numa posição vertical, de forma a que os depósitos se concentrem no fundo;
    2. O processo de decantação deverá ser efetuado cerca de meia hora antes do vinho ser servido, na medida em que acelera a evaporação dos aromas;
    3. Após a abertura da garrafa, limpe o gargalo retirando os resíduos e comece a verter o vinho para o decantador;
    4. Depois coloque uma vela acesa ou uma fonte de luz junto do gargalho, certificando-se que não deita borras no decantador;
    5. Verta tudo de uma só vez, parando apenas quando aparecerem os primeiros resíduos no gargalo;
    6. Coloque a garrafa original vazia ao lado do decantador, de forma a que se possa identificar o vinho.

+ DICAS 

      • Não sendo obrigatório decantar todas as garrafas de vinho que consumir, é aconselhável sempre que existem partículas do depósito fazê-lo, porque ao mais pequeno movimento, o vinho puro vai misturar-se com a borra;
      • Somente abrir e retirar a rolha da garrafa não permite a respiração mais adequada do vinho, porque somente o líquido que se encontra próximo do gargalo é que está em contacto com o ar;
      • Uma técnica possível de decantação rápida: colocar um pano branco e fino sobre a abertura do decantador e verta posteriormente o vinho através do mesmo e, deverá parar quando surgirem os primeiros sinais de borra.
      • O vinho de qualidade continuará a desenvolver-se e a libertar-se dentro do copo, por isso, faça um brinde e boa degustação…

Artigos Relacionados

Ovos Andaluzes

O nosso Enólogo, João Palhoça, dá-lhe a sua receita para confecionar Ovos andaluzes!

Bem vindo à Fernão Pó Adega.
Para navegar neste site, confirme que tem mais de 18 anos e aceite a política de privacidade.
Seja responsável e beba com moderação.

Welcome to the Fernão Pó Winery.
To browse this site, confirm that you are over 18 and accept the privacy policy.
Be responsible and drink in moderation.

Contactos

Adega Fernão Pó
CCI 2402 Fernando Pó
2965-545 ÁGUAS DE MOURA | PORTUGAL
T: +351 265 995 423 | +351 919 312 525
E: enoturismo@fernaopo.pt